Iglesias de Roma

Pierre Grimal

Iglesias de Roma Pierre Grimal

Roma é, sem dúvida, a cidade do mundo mais rica em igrejas. Hoje em dia conta com mais de duzentas, muitas delas erigidas sobre outras que as precederam. Algumas estão feitas para receber multidões, outras parecem mais oratórios privados que lugares abertos para uso de todos. Há igrejas que pertencem a mosteiros e outras têm a vocação de receber a todos os peregrinos do mundo. Todas elas são testemunho de que, apesar das cismas e polémicas, Roma é a capital da cristandade e da arte.
Redescobrir a alma da cidade imperial entre a abundância de igrejas da Roma pontifícia é o propósito do latinista Pierre Grimal. A igreja é a assembleia dos fiéis, a catedral a sua casa e a basílica o palácio do Senhor. Estas evidentes filiações inspiram a construção de edifícios sagrados e orientam as suas funções como lugares de oração e recolhimento. Mármores brancos e coloridos, linhas suaves e perspectivas luminosas, elipses, círculos de exuberância barroca, as magníficas sequências fotográficas expõem o que texto explica: cada igreja de Roma é um mundo particular, onde se conjugam a intimidade do recolhimento com a exaltação gloriosa.

We use private and third party cookies to improve our services by analyzing your browsing habits. If you continue to browse, we consider that you accept its use. Learn more x