Lazzat al-nisâ (O prazer das mulheres)

Lazzat al-nisâ (O prazer das mulheres) f. 2v

Voltar

f. 2v

Um certo dia, durante a festa de Nowruz, estava o rei do mundo sentado no seu trono, dando audiência pública a uma assembleia como a de Yamsid e oferecendo um banquete como o de Key Josró. De pé diante do trono estavam os dignatários e notáveis do reino. Então, uma jovem de deslumbrante formosura, versada nas artes femininas, entrou a cantar uma canção e deteve-se perante o rei. Tirando a roupa, apresentou-se desnuda perante a assembleia. Quando o rei a viu desse modo, disse: “O que faz aqui esta desavergonhada meretriz que se apresenta desnuda perante a assembleia dos homens e não se cobre?” Gritaram-lhe: “Oh, bela impudica, por que te desnudas perante uma assembleia de homens?” A feiticeira respondeu: “As mulheres sentem vergonha na presença de um homem de verdade, mas nesta assembleia não há nenhum para que me possa envergonhar”.


Tradução do texto do Lazzat al-nisâ realizada por:
Willem Floor (Investigador independente)
Hasan Javadi (Universidade da Califórnia, Berkeley)
Hormoz Ebrahimnejad (Universidade de Southampton)

We use private and third party cookies to improve our services by analyzing your browsing habits. If you continue to browse, we consider that you accept its use. Learn more x