Apocalipse de Val-Dieu

f. 28v · O cântico de Moisés e os vitoriosos (Ap. 15, 1-4)


Voltar

«Depois vi no céu outro sinal maravilhoso e surpreendente: sete anjos eram portadores dos sete últimos flagelos [...]. Vi ainda uma espécie de mar de vidro misturado com fogo. Os que tinham vencido a Besta, a estátua da Besta e o número correspondente ao nome da Besta estavam junto do mar de vidro com as harpas que Deus lhes tinha dado. E cantavam o Cântico de Moisés, servo do Senhor, e o cântico do Cordeiro.»

Iluminura f. 28v · O cântico de Moisés e os vitoriosos (Ap. 15, 1-4). Apocalipse de Val-Dieu, Add. Ms. 17333 (c. 1320-1330, Noroeste de França, Normandia). The British Library, Londres. Manuscrito iluminado da Idade Média, século XIV.

Voltar

f. 28v · O cântico de Moisés e os vitoriosos (Ap. 15, 1-4)

«Depois vi no céu outro sinal maravilhoso e surpreendente: sete anjos eram portadores dos sete últimos flagelos [...]. Vi ainda uma espécie de mar de vidro misturado com fogo. Os que tinham vencido a Besta, a estátua da Besta e o número correspondente ao nome da Besta estavam junto do mar de vidro com as harpas que Deus lhes tinha dado. E cantavam o Cântico de Moisés, servo do Senhor, e o cântico do Cordeiro.»

Preferências de cookies

Utilizamos os nossos próprios cookies e de terceiros para melhorar os nossos serviços, analisando os seus hábitos de navegação. Para mais informações, pode ler nossa política de cookies. Pode aceitar todos os cookies clicando no botão Aceitar ou configurar ou rejeitar a sua utilização, clicando AQUI.