Pergaminho Vindel

Cantiga 6


Voltar

Eno sagrado en Vigo
bailava corpo velido;
amor ei.

En Vigo (e)no sagrado
bailava corpo delgado; 
amor ei.

Bailava corpo velido
que nunca ouvera amigo;
amor ei.

Bailava corpo delgado
que nunca ouvera amado;
amor ei.

Que nunca ouvera amigo
ergas no sagrad’ en Vigo;
amor ei.

Que nunca ouvera amado
ergas en Vigo no sagrado;
amor ei.

Martin Codax, segunda metade do séc. XIII

Cantiga 6 do Pergaminho Vindel de Martin Codax - The Morgan Library & Museum, Nova York

Voltar

Cantiga 6

Eno sagrado en Vigo
bailava corpo velido;
amor ei.

En Vigo (e)no sagrado
bailava corpo delgado; 
amor ei.

Bailava corpo velido
que nunca ouvera amigo;
amor ei.

Bailava corpo delgado
que nunca ouvera amado;
amor ei.

Que nunca ouvera amigo
ergas no sagrad’ en Vigo;
amor ei.

Que nunca ouvera amado
ergas en Vigo no sagrado;
amor ei.

Martin Codax, segunda metade do séc. XIII

Preferências de cookies

Utilizamos os nossos próprios cookies e de terceiros para melhorar os nossos serviços, analisando os seus hábitos de navegação. Para mais informações, pode ler nossa política de cookies. Pode aceitar todos os cookies clicando no botão Aceitar ou configurar ou rejeitar a sua utilização, clicando AQUI.