Theatrum Sanitatis

Biblioteca Casanatense, Roma




Cota: Ms. 4182
Data: s. XIV
Formato: 328 x 220 mm
214 páginas, 208 pinturas
Encadernação em pele castanha gravada com ouro
Volume de estudos a cores (328 pp.), por José María López Piñero (†) (López Piñero Institute for the History of Medicine and Science, Universidad de Valencia – Spanish National Research Council) e Felipe Jerez Moliner (Universidad de Valencia)
«Primeira edição, única e irrepetível, limitada a 987 exemplares, numerados e autenticados com um certificado notarial»
ISBN: 978-84-88526-45-8


Cota: Ms. 4182
Data: s. XIV
Formato: 328 x 220 mm
214 páginas, 208 pinturas
Encadernação em pele castanha gravada com ouro
Volume de estudos a cores (328 pp.), por José María López Piñero (†) (López Piñero Institute for the History of Medicine and Science, Universidad de Valencia – Spanish National Research Council) e Felipe Jerez Moliner (Universidad de Valencia)
«Primeira edição, única e irrepetível, limitada a 987 exemplares, numerados e autenticados com um certificado notarial»
ISBN: 978-84-88526-45-8





Livro de estudo

Theatrum Sanitatis Biblioteca Casanatense, Roma


Formato: 220 x 330 mm
Páginas: 328
Ilustrações: 305
ISBN: 978-84-88526-44-1

CONTEÚDO:

Editor’s forewood

Medicine as a principle of human life in galenism and the "Tables of Health" by Ibn Butlan
José María López Piñero (†) (López Piñero Institute for the History of Medicine and Science, Universidad de Valencia – Spanish National Research Council)

The contents of the Theatrum Sanitatis in the Casanatense Library
José María López Piñero (†)

The illustrations in the Theatrum Sanitatisof the Casanatense Library in Rome
Felipe Jerez Moliner (Universidad de Valencia)

Translation
Anne Barton de Mayor






Descrição

Theatrum Sanitatis Biblioteca Casanatense, Roma


O Theatrum Sanitatis contém um tratado médico muito difundido durante os séculos XIV e XV, destinado a divulgar entre os príncipes e os poderosos, as normas higiénicas da medicina racional (ou seja, o fruto da experimentação, e não das crenças mágico-religiosas) da baixa Idade Média.

O autor do texto é Ububchasym de Baldach, médico cristão nascido em Bagdade e falecido em 1068. No entanto, o nosso códice é um resumo da tradução latina de finais do século XI.

O conteúdo da obra são os seis elementos necessários para o mantimento quotidiano da saúde: a alimentação e a bebida, o ar e o ambiente, o movimento e o repouso, o sono e a vigília, as secreções e as excreções, os movimentos ou estados de ânimo (alegria, vergonha...). Segundo a opinião do autor, as doenças aparecem por alteração destes seis elementos. Cada página contém uma miniatura sobre um dos referidos elementos, acompanhada de uma legenda explicativa onde se indica a sua natureza, características do que se considera melhor ou preferível para a saúde humana, benefício que produz, prejuízo que pode causar e remédio para dito prejuízo.

A ilustração do códice está enquadrada dentro da tradição artística lombarda, da escola de Giovanni de Grassi.

O Theatrum Sanitatis está destinado a um público que não se contenta com buscar apenas remédios para preservar a saúde, mas que também deseja que se lhe proporcione prazer estético que lhe faça mais fácil e agradável a aprendizagem das referidas normas. A obra não é apenas uma interessante fonte de informação de carácter sanitário, também constitui uma fonte iconográfica para o estudo de muitos diferentes aspectos da vida humana da época.



We use private and third party cookies to improve our services by analyzing your browsing habits. If you continue to browse, we consider that you accept its use. Learn more x