Livro do Tesouro

f. 24r, O papa coroa Carlos Magno como imperador


Voltar

Seguindo o texto de Brunetto Latini, a inicial do fólio 22v abre a nova história cristã, e as três miniaturas seguintes são dedicadas a três dos seus episódios. São eles a coroação de Carlos Magno pelo papa (f.24r) e dois importantes acontecimentos para o guelfo Brunetto Latini, que refletem as relações entre a corte papal de Roma e o imperador Frederico II de Hohenstaufen: o papa Gregório enviando os seus mensageiros (f.26v) e o papa Inocêncio excomungando Frederico (f.27v).

Do ponto de vista da composição, as três miniaturas estão resolvidas aproximadamente da mesma maneira: à direita encontramos o papa sentado num suntuoso trono; no centro, uma figura ajoelhada (nesta cena, o imperador Carlos Magno) e, à esquerda, um grupo de cavaleiros, séquito do imperador neste fólio.
 
Nenhuma das três miniaturas é estática: as três personagens parecem extraordinariamente animadas e expressam a sua atitude perante o acontecimento com gesticulações exageradas, comuns nas ilustrações dos séculos XIII-XIV.
 
I.P Moretsova, Instituto Estatal de Investigações para a Restauração (GosNIIR)

Livro do Tesouro f. 24r, O papa coroa Carlos Magno como imperador

Voltar

f. 24r, O papa coroa Carlos Magno como imperador

Seguindo o texto de Brunetto Latini, a inicial do fólio 22v abre a nova história cristã, e as três miniaturas seguintes são dedicadas a três dos seus episódios. São eles a coroação de Carlos Magno pelo papa (f.24r) e dois importantes acontecimentos para o guelfo Brunetto Latini, que refletem as relações entre a corte papal de Roma e o imperador Frederico II de Hohenstaufen: o papa Gregório enviando os seus mensageiros (f.26v) e o papa Inocêncio excomungando Frederico (f.27v).

Do ponto de vista da composição, as três miniaturas estão resolvidas aproximadamente da mesma maneira: à direita encontramos o papa sentado num suntuoso trono; no centro, uma figura ajoelhada (nesta cena, o imperador Carlos Magno) e, à esquerda, um grupo de cavaleiros, séquito do imperador neste fólio.
 
Nenhuma das três miniaturas é estática: as três personagens parecem extraordinariamente animadas e expressam a sua atitude perante o acontecimento com gesticulações exageradas, comuns nas ilustrações dos séculos XIII-XIV.
 
I.P Moretsova, Instituto Estatal de Investigações para a Restauração (GosNIIR)

Preferencias sobre cookies

Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Haz click AQUÍ para más información sobre nuestra política. Puedes aceptar todas las cookies pulsando el botón "Aceptar" o configurarlas o rechazar su uso haciendo click AQUÍ.