Grandes Horas de Ana da Bretanha

Crucificação, f. 47v


Voltar

Maria Madalena, com a cabeça descoberta, abraça os pés ensanguentados de Cristo crucificado. À esquerda, a Virgem e à sua direita, São João, mostram a sua dor pela morte de Jesus.  
O céu estrelado e as montanhas ao fundo tingem de anil uma paisagem nocturna, efeito muito ao gosto de Bourdichon, como podemos ver noutras esplêndidas cenas nocturnas das Grandes Horas de Ana de Bretanha.
Um numeroso grupo de soldados regressa a Jerusalém, a grande cidade de plano circular que se entrevê na obscuridade, ao fundo, onde se destaca a planta centralizada do Templo de Salomão.

Grandes Horas de Ana da Bretanha Crucificação, f. 47v

Voltar

Crucificação, f. 47v

Maria Madalena, com a cabeça descoberta, abraça os pés ensanguentados de Cristo crucificado. À esquerda, a Virgem e à sua direita, São João, mostram a sua dor pela morte de Jesus.  
O céu estrelado e as montanhas ao fundo tingem de anil uma paisagem nocturna, efeito muito ao gosto de Bourdichon, como podemos ver noutras esplêndidas cenas nocturnas das Grandes Horas de Ana de Bretanha.
Um numeroso grupo de soldados regressa a Jerusalém, a grande cidade de plano circular que se entrevê na obscuridade, ao fundo, onde se destaca a planta centralizada do Templo de Salomão.

Preferências de cookies

Utilizamos os nossos próprios cookies e de terceiros para melhorar os nossos serviços, analisando os seus hábitos de navegação. Para mais informações, pode ler nossa política de cookies. Pode aceitar todos os cookies clicando no botão Aceitar ou configurar ou rejeitar a sua utilização, clicando AQUI.