Tratado de Albumasar (Liber astrologiae)

British Library, Londres




O Tratado de Albumasar (Liber astrologiae) é um dos livros de imagens mais fascinantes da Idade Média. As suas páginas suscitam uma viagem intelectual que evoca a migração das mitologias da Antiguidade, através da civilização árabe, para a sua iluminação no Ocidente medieval. O texto é formado por fragmentos da obra do maior astrólogo árabe da história, Albumasar, tomados de uma tradução realizada na mítica escola de tradutores de Toledo.
 
A importância do Tratado de Albumasar radica no facto de que, pela primeira vez, é feito o compêndio da mitologia astral das grandes civilizações – a egípcia, a grega, a persa e a hindu – num só livro ricamente ilustrado. O seu belíssimo ciclo iconográfico inclui não apenas singulares formas dos planetas e os signos do zodíaco de origem grega, mas também uma série de desconcertantes imagens de constelações criadas pelas diferentes culturas orientais para fixar a posição das estrelas no firmamento.
 
A astrologia deixou a sua marca em quase todos os ramos do conhecimento medieval. No século XIII, foi a ponta de lança da reintrodução da filosofia natural aristotélica no Ocidente, em vigor até Newton. No final da Idade Média, a astrologia era ensinada nas grandes Faculdades de Medicina: em Pádua, Paris, Montpellier ou Salamanca, e os médicos ocupavam com tanto orgulho a cadeira de Astrologia como, por exemplo, a de Anatomia, já que o conhecimento da posição dos céus era considerada essencial para os diagnósticos médicos e, portanto, uma parte indispensável da formação dos galenos.

Primeira edição, única e irrepetível, limitada a 987 exemplares, numerados e autenticados com um certificado notarial.
Tratado de Albumasar (Liber Astrologiae), Ms. Sloane 3983, The British Library, finais do séc. XIV.

O Tratado de Albumasar (Liber astrologiae) é um dos livros de imagens mais fascinantes da Idade Média. As suas páginas suscitam uma viagem intelectual que evoca a migração das mitologias da Antiguidade, através da civilização árabe, para a sua iluminação no Ocidente medieval. O texto é formado por fragmentos da obra do maior astrólogo árabe da história, Albumasar, tomados de uma tradução realizada na mítica escola de tradutores de Toledo.
 
A importância do Tratado de Albumasar radica no facto de que, pela primeira vez, é feito o compêndio da mitologia astral das grandes civilizações – a egípcia, a grega, a persa e a hindu – num só livro ricamente ilustrado. O seu belíssimo ciclo iconográfico inclui não apenas singulares formas dos planetas e os signos do zodíaco de origem grega, mas também uma série de desconcertantes imagens de constelações criadas pelas diferentes culturas orientais para fixar a posição das estrelas no firmamento.
 
A astrologia deixou a sua marca em quase todos os ramos do conhecimento medieval. No século XIII, foi a ponta de lança da reintrodução da filosofia natural aristotélica no Ocidente, em vigor até Newton. No final da Idade Média, a astrologia era ensinada nas grandes Faculdades de Medicina: em Pádua, Paris, Montpellier ou Salamanca, e os médicos ocupavam com tanto orgulho a cadeira de Astrologia como, por exemplo, a de Anatomia, já que o conhecimento da posição dos céus era considerada essencial para os diagnósticos médicos e, portanto, uma parte indispensável da formação dos galenos.

Primeira edição, única e irrepetível, limitada a 987 exemplares, numerados e autenticados com um certificado notarial.

Iluminuras
Tratado de Albumasar (Liber astrologiae)
British Library, Londres



Descrição

Tratado de Albumasar (Liber astrologiae) British Library, Londres


✵ Assinatura: Ms. Sloane 3983
✵ Data: meados do séc. XIV
✵ Tamanho: ± 270 x 186 mm
✵ Páginas: 102 páginas, 72 miniaturas de página inteira.
✵ Encadernação em marroquim vermelho estampado em ouro
✵ Volume de estudos a cores, a cargo de Manuel Toharia (Ciudad de las Artes y las Ciencias, Valencia), Charles Burnett (The Warburg Institute), Peter Kidd (Freelance researcher and former curator of Illuminated Manuscripts at the British Library), Wolfgang Hübner (Westfälische Wilhelms-Universität Münster), Aurelio Pérez Jiménez (Universidad de Málaga) and Joanna Komorowska (Uniwersytet Kardynała Stefana Wyszyńskiego w Warszawie).

Primeira edição, única e irrepetível, numerada e limitada a 987 exemplares certificados e autentificados notarialmente.



Avaliações de clientes
Tratado de Albumasar (Liber astrologiae)
British Library, Londres




“Amigo Hector: Dia 3 de Fevereiro de 2021. Para mim passou a ser o dia em que recebi a Astronomia Latina de Albumazar. É uma obra que faz jus ao vosso lema A Arte da Perfeição. Vinha tudo em muito boas condições; até a embalagem denotava cuidados inexcedíveis. Se ter a admiração de clientes vos dá alguma alegria, rejubilai porque eu, com 91 anos de existência e sempre com a paixão dos livros, nunca vi nada melhor. Só vos desejo que prossigam na senda traçada.”

Casimiro S. – Portugal



“Me siento afortunado de sentir grandes obras sobre cultura y ciencia, no sólo la de Albumasar, tal y como las presenta su editor, M. Moleiro. Es el disfrute de un entusiasmo e ilusión en un trabajo que, además, nos hace accesible de forma física el estímulo de sentirse vivo. Muy agradecido y los mejores deseos.”

F. L. – Spain



“El facsímil del códice Liber Astrologiae o Tratado de Albumasar es una edición muy cuidada, en la línea habitual de M. Moleiro. Gracias por su buen hacer.”

Joan G. – Spain




Tratado de Albumasar (Liber astrologiae)
product rating
5.00
out of
5
(3
Customer Reviews)

Your rating
product rating
5.00
Written on:
March 01, 2021
Le traité d'albumasar
comme toujours un ouvrage d'une facture remarquable qui fait honneur à votre maison d'édition. Je ne doute pas que le livre de commentaires sera à la hauteur de l'édition.
facebook twitter linkedin

Your rating
product rating
5.00
Written on:
February 10, 2021
Sorprendente
Otra vez Editorial Moleiro me ha sorprendido. Ya me tiene habituado a la riqueza y belleza del contenido de sus libros, pero en esta ocasión, la fastuosidad de la encuadernación casi supera a su contenido; digamos que están a la par. Resulta tan admirable por dentro como por fuera.
facebook twitter linkedin

Your rating
product rating
5.00
Written on:
February 04, 2021
popier
Livre magnifique ! J'attends avec impatience le commentaire en français...
facebook twitter linkedin



We use private and third party cookies to improve our services by analyzing your browsing habits. If you continue to browse, we consider that you accept its use. Learn more x