Cântico dos Cânticos – Edição de luxo (preto)

Este livro é formado por oito capítulos: dois enamorados trocando galanteios, um deserto de pastores e lugares de nomes bem sonoros, palmeiras e torres, cervos e pombas. Pouco mais que isto, mas a poesia –tão leve e tão intensa– de cada frase faz-nos crer que estas foram as primeiras palavras de amor ditas no universo.
Neste livro não há acção. Ao ilustrá-lo, pretendi que fossem os próprios desenhos os que captassem a beleza das palavras e a reflectissem em cores, em linhas, em felizes apaixonados –ela, morena porque o sol olhou para ela.
Entre as traduções que existem para o castelhano, a de frei Luís de Leão é, sem dúvida, a que transmite melhor a elegância arcaica destes diálogos. Esta foi a escolhida! Estas páginas não querem outra coisa senão cantar ao amor, vestindo-o de gala.

Javier Alcaíns

Cântico dos Cânticos – Edição de luxo (preto)



Este livro é formado por oito capítulos: dois enamorados trocando galanteios, um deserto de pastores e lugares de nomes bem sonoros, palmeiras e torres, cervos e pombas. Pouco mais que isto, mas a poesia –tão leve e tão intensa– de cada frase faz-nos crer que estas foram as primeiras palavras de amor ditas no universo.
Neste livro não há acção. Ao ilustrá-lo, pretendi que fossem os próprios desenhos os que captassem a beleza das palavras e a reflectissem em cores, em linhas, em felizes apaixonados –ela, morena porque o sol olhou para ela.
Entre as traduções que existem para o castelhano, a de frei Luís de Leão é, sem dúvida, a que transmite melhor a elegância arcaica destes diálogos. Esta foi a escolhida! Estas páginas não querem outra coisa senão cantar ao amor, vestindo-o de gala.

Javier Alcaíns


Compartir

Cântico dos Cânticos – Edição de luxo (preto)


545 € Em stock.
Disponibilidade: Español

Avaliações

Ainda não há classificação
mostrar/ocultar

Ver mais comentários ()

Mais informação

mostrar/ocultar

Este livro é formado por oito capítulos: dois enamorados trocando galanteios, um deserto de pastores e lugares de nomes bem sonoros, palmeiras e torres, cervos e pombas. Pouco mais que isto, mas a poesia –tão leve e tão intensa– de cada frase faz-nos crer que estas foram as primeiras palavras de amor ditas no universo.
Neste livro não há acção. Ao ilustrá-lo, pretendi que fossem os próprios desenhos os que captassem a beleza das palavras e a reflectissem em cores, em linhas, em felizes apaixonados –ela, morena porque o sol olhou para ela.
Entre as traduções que existem para o castelhano, a de frei Luís de Leão é, sem dúvida, a que transmite melhor a elegância arcaica destes diálogos. Esta foi a escolhida! Estas páginas não querem outra coisa senão cantar ao amor, vestindo-o de gala.

Javier Alcaíns

Características

mostrar/ocultar

Formato: 250 x 400 mm
56 páginas
47 ilustrações
Caligrafado à mão
Encadernado em pele de cabra negra e mostrado numa capa protectora que o acompanha
Edição de bibliófilo limitada a 477 exemplares, numerados e assinados pelo autor
ISBN: 978-84-96400-89-4

Preferências de cookies

Utilizamos os nossos próprios cookies e de terceiros para melhorar os nossos serviços, analisando os seus hábitos de navegação. Para mais informações, pode ler nossa política de cookies. Pode aceitar todos os cookies clicando no botão Aceitar ou configurar ou rejeitar a sua utilização, clicando AQUI.