Saltério Glosado

Saltério Glosado f. 49r, salmo 29  Glorificar-te-ei, Senhor, pois Tu me exaltaste

Voltar

f. 49r, salmo 29  Glorificar-te-ei, Senhor, pois Tu me exaltaste

Em cima, entre o Sol e a Lua, a mão de Deus abençoa de uma nuvem; abaixo, o salmista segura dois rolos (v. 2, Exaltabo te Domine quoniam suscepisti me // Glorificar-te-ei, Senhor, pois Tu me exaltaste; v. 9, Ad te Domine clamabo, et ad Deum meum deprecabor // A ti, ó Senhor, clamarei, e suplicarei ao meu Deus). Em baixo, três demónios empurram várias cabeças com as suas forquilhas para as chamas do inferno, enquanto que, por debaixo deles, estão as mãos de Deus e de Jesus, que porta um cajado rematado em cruz em uma mão e com a outra, tira um homem de dentro de um caixão; dois anjos que seguram os seus respectivos livros, um aberto e o outro fechado, permanecem ao seu lado (v. 4, Domine eduxisti ab inferno animam meam: salvasti me a descendentibus in lacum // Senhor, retiraste a minha alma do inferno: salvaste-me daqueles que descem ao abismo). Por baixo da Lua, um homem aflito sentado segura um rolo, leva uma mão à cabeça, em contraposição com o salmista que está debaixo do Sol na parte direita da ilustração (v. 6, (A)d vesperum demorabitur fletus, et ad matutinum leticia // Durante o anoitecer durará o pranto, e pela manhã, a alegria; v. 8, Avertisti faciem tuum et factus sum conturbatus // Viraste-me o teu rosto e perturbei-me). Debaixo dele observamos um grupo de personagens, três das quais transportam livros e rolos (v. 5, Psallite Domino sancti eius, et confitemini memorie sanctitatis eius // Entoado ao Senhor, vós, os seus santos e exaltai a lembrança da sua sacralidade).

We use private and third party cookies to improve our services by analyzing your browsing habits. If you continue to browse, we consider that you accept its use. Learn more x